Zarattini considera “ridícula” atitude do governo Temer sobre venda da Embraer

O deputado Carlos Zarattini (PT-SP) bateu duro na possibilidade de venda da Embraer para a Boeing. “O governo tem atitude ridícula. Diz que é contrário à venda pura e simples. E sai a notícia no Globo que governo exigiu que Embraer seja vendida e que Boeing fique com 51% das ações. O governo que não afirma a soberania nacional”, […]

27 fev 2018, 19:29 Tempo de leitura: 1 minuto, 0 segundos
Foto: Gustavo Bezerra

O deputado Carlos Zarattini (PT-SP) bateu duro na possibilidade de venda da Embraer para a Boeing. “O governo tem atitude ridícula. Diz que é contrário à venda pura e simples. E sai a notícia no Globo que governo exigiu que Embraer seja vendida e que Boeing fique com 51% das ações. O governo que não afirma a soberania nacional”, disse o parlamentar em vídeo.

Segundo o congressista, “o Brasil está se jogando nos braços dos interesses internacionais por esse governo que não tem respeito ao povo brasileiro.

“Nos Estados Unidos, eles mantêm controle sobre tecnologias. Nenhuma empresa americana pode vender produtos de alta tecnologia para outros países sem autorização do Departamento de Estado, do Departamento de Defesa americano. Aqui se entrega e principal empresa de tecnologia nacional para a Boeing. É uma situação lamentável. É o fim da maior empresa de tecnologia nacional”, lamentou.

O parlamentar informou que foi feito um requerimento para o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), para o democrata convocar o ministro da Defesa a comparecer à Câmara, com o objetivo de prestar esclarecimentos sobre a venda da Embraer.

Fonte: site Brasil 247