Zarattini defende prorrogação do auxílio emergencial até dezembro

O ministro da Economia, Paulo Guedes, anunciou nesta terça-feira, 30, que vai manter o valor do auxílio emergencial em R$ 600, mas o pagamento será estendido por mais dois meses apenas. O líder da Minoria no Congresso, deputado Carlos Zarattini (PT-SP), criticou a decisão e anunciou que o PT vai lutar para prorrogar o benefício, […]

30 jun 2020, 20:16 Tempo de leitura: 1 minuto, 1 segundo
Zarattini defende prorrogação do auxílio emergencial até dezembro
Foto: Gustavo Bezerra

O ministro da Economia, Paulo Guedes, anunciou nesta terça-feira, 30, que vai manter o valor do auxílio emergencial em R$ 600, mas o pagamento será estendido por mais dois meses apenas. O líder da Minoria no Congresso, deputado Carlos Zarattini (PT-SP), criticou a decisão e anunciou que o PT vai lutar para prorrogar o benefício, pelo menos, até dezembro.

Formado em economia na USP, Zarattini destacou que a ampliação do auxílio é essencial para que a economia do Brasil continue a girar. “Os pequenos negócios não vão sobreviver se o povo não tiver dinheiro em mãos. Além disso, muita gente vai perder emprego. As pessoas não terão como sobreviver.”

Zarattini alertou ainda que é importante acalmar a população e impedir que milhões de pessoas sejam jogadas na extrema pobreza: “Com muitos desempregados, as pessoas estão desesperadas e Bolsonaro não faz nada! Ele só pensa em defender a família de acusações. Não toma nenhuma providência responsável para controle da pandemia. Vamos lutar para aprovar a prorrogação do benefício”.