Redução do auxílio emergencial para R$ 300 é mais um crime contra o povo, denuncia Zarattini

Durante entrevista coletiva nesta terça-feira, 1, o presidente Jair Bolsonaro comunicou que prorrogará até dezembro o pagamento do auxílio emergencial, mas reduzirá o valor do benefício para R$ 300. A decisão de diminuir em 50% o benefício foi duramente criticada pelo líder da Minoria no Congresso, deputado federal Carlos Zarattini (PT-SP). “O povo está vivendo […]

2 set 2020, 10:27 Tempo de leitura: 0 minutos, 44 segundos
Redução do auxílio emergencial para R$ 300 é mais um crime contra o povo, denuncia Zarattini

Durante entrevista coletiva nesta terça-feira, 1, o presidente Jair Bolsonaro comunicou que prorrogará até dezembro o pagamento do auxílio emergencial, mas reduzirá o valor do benefício para R$ 300. A decisão de diminuir em 50% o benefício foi duramente criticada pelo líder da Minoria no Congresso, deputado federal Carlos Zarattini (PT-SP). “O povo está vivendo uma grande dificuldade, os empresários dependem muito que esse auxílio emergencial movimente as suas empresas, as suas vendas, a sua produção. Recuar para R$ 300 é um verdadeiro crime contra o povo brasileiro.”
O parlamentar anunciou ainda que o PT vai lutar para impedir a redução. “Nosso compromisso é em continuar lutando para garantir os R$ 600 até o fim.”
Acesse o vídeo e veja o pronunciamento de Zarattini:

https://www.facebook.com/dep.zarattini/videos/1025971764499174/

📲 Fale com o Zarattini no WhatsApp: 11 99515-1370 🗣 www.dev.zarattinipt.com.br/whatszara