É neste sábado: FUP e sindicatos nas ruas por “Fora Bolsonaro”. Veja os locais dos atos

Neste sábado, 24, a FUP e seus sindicatos estão de volta às ruas nos atos convocados pelos movimentos sociais e centrais sindicais para pressionar o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, a abrir o processo de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro. As manifestações são organizadas pelas Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo, […]

23 jul 2021, 16:34 Tempo de leitura: 5 minutos, 43 segundos
É neste sábado: FUP e sindicatos nas ruas por “Fora Bolsonaro”. Veja os locais dos atos

Neste sábado, 24, a FUP e seus sindicatos estão de volta às ruas nos atos convocados pelos movimentos sociais e centrais sindicais para pressionar o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, a abrir o processo de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro. As manifestações são organizadas pelas Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo, com a expectativa de levar para as ruas um número ainda maior de brasileiros e brasileiras que compareceram aos atos dos dias 29 de maio, 19 de junho e 3 de julho.

Os sindicatos de petroleiros de todo o Brasil estarão em peso nas manifestações deste sábado. Os Sindipetros estarão presentes nos atos de Manaus, Natal, Mossoró, Recife, Fortaleza, Salvador, Feira de Santana, Alagoinhas, Vitória, Belo Horizonte, Betim, Juiz de Fora, Montes Claros, Rio de Janeiro, Campos dos Goytacazes, Macaé, Rio das Ostras, Barra de São João, São Paulo, Campinas, Curitiba, Joinville e Porto Alegre. Veja abaixo os locais e horários de concentração.

A orientação da FUP é que só participem dos atos os petroleiros e petroleiras que estiverem em boas condições de saúde. As manifestações serão realizadas em locais amplos e abertos para evitar o máximo possível as aglomerações. Ainda assim as medidas de segurança devem ser reforçadas, como o distanciamento de dois metros e o uso de máscaras e álcool em gel.

No Rio de Janeiro, a Federação e os Sindipetros Norte Fluminense e Duque de Caxias estão montando uma estrutura para receber com segurança os petroleiros e demais trabalhadores que comparecerem ao ato. Um carro de som fará recomendações de segurança o tempo todo, faixas e cartazes estão sendo preparados e máscaras e álcool gel serão distribuídos.

Em São Mateus, no Espírito Santo, o Sindipetro distribuirá 100 botijões de gás de cozinha a preços subsidiados, em protesto contra a política de reajuste dos derivados de petróleo, que segue as oscilações do dólar e do preço de importação do barril de petróleo (Preço de Importação de Paridade/PPI). Cada botijão será vendido por R$ 40,00, menos da metade do preço de mercado.

Os preços abusivos do gás de cozinha, da gasolina e do diesel são consequência do desmonte do Sistema Petrobrás, que foi intensificado no governo Bolsonaro, com diversas privatizações e redução da produção das refinarias, privilegiando as exportações de óleo cru e importação de derivados, com o objetivo de aumentar os ganhos dos acionistas privados, em vez de atender aos interesses do povo brasileiro.

A pressão nas ruas é fundamental para que os parlamentares deem andamento aos pedidos de impeachment de Bolsonaro. São mais de 120 pedidos apresentados por diversos setores da sociedade civil, elencando dezenas de crimes de responsabilidade cometidos pelo presidente e por seu governo genocida.

A atual conjuntura é dramática, tanto do ponto de vista político, quanto do sanitário – a pandemia da Covid-19 se aproxima de 600 mil mortos no país. Essa tragédia anunciada é resultado do descaso de um governo negacionista, que defendeu tratamentos ineficazes, demorou a comprar as vacinas e agora está sendo investigado por suspeitas de corrupção no Ministério da Saúde, com o envolvimento de militares. Uma situação insustentável também economicamente, com um quadro de mais de 20 milhões de desempregados e desalentados e a fome que atinge 25 milhões de brasileiros. São motivos mais do que suficientes para o povo exigir a saída de Bolsonaro.

A última pesquisa Datafolha, realizada nos dias 7 e 8 de julho, mostrou que 54% dos brasileiros são a favor do impeachment de Bolsonaro. Para 51%, ele é um presidente ruim ou péssimo. A pesquisa também mostrou que para a maioria dos brasileiros Bolsonaro é desonesto, falso, incompetente, despreparado, indeciso, autoritário, favorece os ricos e mostra pouca inteligência.

Para as entidades que integram a campanha Fora Bolsonaro, somente com o fim deste governo, será possível pensar em um projeto de recuperação econômica para o país, com foco na geração de emprego e renda e em políticas de proteção social, principalmente para as camadas da população mais impactadas pela pandemia.

Verifique os locais onde a FUP e seus sindicatos participam dos atos deste sábado:

Ato conjunto FUP, Sindipetro Duque de Caxias e Sindipetro NF

Rio de Janeiro, às 10h, concentração no Monumento Zumbi dos Palmares, no centro, seguida de caminhada pela Avenida Presidente Vargas, até a Candelária

Sindipetro PR/SC

Curitiba, às 14h, na Praça Santos Andrade Joinville, às 9h30, na Praça da Bandeira

Sindipetro-SP

Campinas, às 10h, no Largo do Rosário São Paulo, às 15h, no MASP

Sindipetro-RS

Porto Alegre, às 15h, no Largo Glênio Peres – Centro

Sindipetro-NF

Campos dos Goytacazes, às 9h, na Praça São Salvador – seguida de passeata pela avenida Alberto Torres até a Câmara de Vereadores

Macaé, às 9h30, na Praça Veríssimo de Mello, seguida de passeata pelo Calçadão

Rio das Ostras, às 9h, carreata e bicicletaço saindo da Escola Municipal Cidade Praiana, com ato às 10h na Praça Rua Bangu

Barra de São João, às10h, na Praça As Primaveras

Rio de Janeiro, às 10h, concentração no Monumento Zumbi dos Palmares, no centro, seguida de caminhada pela Avenida Presidente Vargas, até a Candelária

Sindipetro-AM

Manaus, às 15h, com concentração na Praça da Saudade, Centro

Sindipetro-ES

São Mateus, 11 h, distribuição de vouchers para compra de botijões de gás de cozinha por R$ 40 às 100 primeiras pessoas que estiverem na fila, em frente à distribuidora REDE DE GÁS DO VILA NOVA, que fica na Av. Argentina, n° 110, no Bairro Vila Nova

Vitória, às 14h, na praça de Jucutuquara (IFES)

Sindipetro-BA

Salvador, às 10h, no Campo Grande, de onde a passeata sairá em direção à Praça Municipal

Feira de Santana, às 9h, no estacionamento da Prefeitura

Alagoinhas, às 9h, na Praça Rui Barbosa

Mata de São João (horário e concentração a confirmar)

Sindipetro-MG

Belo Horizonte, às 13h30, na Praça da Liberdade

Betim, às 8h30, no Viaduto Jacintão

Juiz de Fora, às 10h, no Parque Halfeld

Montes Claros, às 9h, na Praça Catedral

Sindipetro PE/PB

Recife, às 10h, na Praça do Derby

Sindipetro-RN

Natal, às 15h, em frente ao Midway Mall (Av. Bernardo Vieira, 3775 – Tirol)

Mossoró, às 8h, no Arte da Terra (Rua General Pericles, 151 – Ilha de Santa Luzia)

Por Imprensa da FUP

Matéria publicada originalmente no site Federação Única dos Petroleiros e replicada neste canal.
Fotos: Reprodução