Bancada do PT em São Paulo luta pela sede dos metroviários

Em maio deste ano, o governador João Doria (SP) decidiu leiloar a sede do Sindicato dos Metroviários de São Paulo sem nenhum diálogo com a categoria. Desde então metroviários e parlamentares da esquerda estão unidos contra essa medida arbitrária. O deputado federal Carlos Zarattini (PT-SP), é um dos parlamentares que tem lutado desde início para […]

26 jul 2021, 11:39 Tempo de leitura: 1 minuto, 0 segundos
Bancada do PT em São Paulo luta pela sede dos metroviários
Foto: Gustavo Bezerra

Em maio deste ano, o governador João Doria (SP) decidiu leiloar a sede do Sindicato dos Metroviários de São Paulo sem nenhum diálogo com a categoria. Desde então metroviários e parlamentares da esquerda estão unidos contra essa medida arbitrária. O deputado federal Carlos Zarattini (PT-SP), é um dos parlamentares que tem lutado desde início para reverter essa situação. “Vender a sede do Sindicato dos Metroviários de SP é uma decisão criminosa e antidemocrática que ataca diretamente o movimento sindical. Vamos resistir!”

A bancada do PT de São Paulo, deputados federais e estaduais, solicitou uma reunião de urgência com o governador de São Paulo para conversar sobre o pedido de desocupação do espaço que é conhecido por ser um ambiente de convivência, cultura, lazer e política não só para os metroviários, como também para a comunidade local. Segundo Zarattini, “Além da desvalorização da categoria, os metroviários ainda precisam encarar mais essa perseguição. Vamos continuar lutando até o fim para que a sede continue pertencendo aos trabalhadores e trabalhadoras.”

Clique aqui e acesse o documento